O grande Vale do Douro: Encontro de Profissionais na Quinta da Pacheca

A Quinta Pacheca recebeu, no passado dia 20 de Fevereiro, a comunidade LP Wedding em grande. Grande não só pelo espaço, mas em todos os sentidos. A paisagem inacreditável do Vale do Douro, a marca pelo constante superar da experiência, o enorme número de participantes e convidados, mas mais importante pelo acolhimento do Sr. Adérito e equipa. 

Começámos logo de manhã com sol e o frio da região a posar, para as fotografias do José Castro da Fábrica da Fotografia, e a percorrer, em visita guiada, os espaços e  serviços disponíveis – desde o edifício antigo da Quinta da Pacheca, engenhosamente conectado a uma construção mais recente onde está o Wine House Hotel, os restaurantes, adegas e peculiares barris para alojamento. Entendemos bem a escolha de tantos casais e famílias  que decidem viver um dos momentos mais importantes das suas vidas. 

Todos os minutos de vira e revira pelos corredores, quartos e salas apresentam uma atenção ao mais ínfimo detalhe da luz e vinhas lá fora. Ao peso da arte de fazer vinho e azeite no Douro. À história que os trouxe até aqui, sem perder a visão pelo futuro de como melhorar tecnologicamente a produção, preservação e armazenamento dos produtos. 

A comunidade e o Lourenço Pereira deram as boas-vindas aos convidados e primeiros visitantes, com mensagens de acolhimento, e intervenções por alguns dos membros como o Moranguinho, Miminhos Rita Catita, Rui Cardoso Photography, Ilustre Fotografia, Rui da Cruz, Débora Duarte Celebrantes, Sabrina de Angeli Cavatt – beenas.be, Arty Floral Decor e muitos outros ao longo dia.  

Um dos nossos momentos preferidos foi sem dúvida o almoço nas caves tradicionais da Quinta da Pacheca. O cheiro, a luz e o menu cuidadosamente emparelhado com vinhos da Quinta  trouxeram muitos brindes, conversas e risadas bem regadas. 

Acabámos o dia com a já tradição do plantar da árvore Oliveira da comunidade LPwedding a cargo da Romana Pereira – Plant Based Weddings. Vamos deixar a nossa pegada verde em cada sítio que nos encontramos. Não só pela sustentabilidade mas para que se  faça grande como a nossa energia. Foi mesmo um dia em grande.

×